segunda-feira, 22 de abril de 2013

Que voem voltando

Instalar a liberdade das palavras, que voem voltando . Chegando ao fim, onde tudo começa, querendo  em mim suas entregas, sem perguntas, me agradando as respostas mais absurdas, absorvendo meu vazio, trazendo a paz da inquietação. 
Milene Cristina
 

5 comentários:

  1. "Instalar a liberdade das palavras, que voem voltando ."
    Coma bonitas bolboretas...(azuis) =)

    Aah, isto foi moi breve. Quedei con ganas dunhas liñas máis xP Novamente, adorei as expresións contraditorias e irracionais.

    ResponderExcluir
  2. Linda... Tuas palavras guardam um bonito sentido.
    Sobre a inquietação, eu entendo. Com ela eu alcanço o sossego.

    ResponderExcluir
  3. Adorei teu blog e teus escritos.

    Abraço.

    Ana Virgínia

    filhadejose.blogspot.com

    ResponderExcluir