quinta-feira, 14 de março de 2013

Meu roteiro falhou

Quem sabe se encontrarei ou não os pigmentos que procuro. Em meus panos comprados em sinceridade. Me cobram me prender à liberdade. Meu roteiro falhou, não conheci, não viajei. E nas esquinas que criei, eu elemento inicial. No meu compor, o amável crer, sem ele complica-se um simples caminhar. Em miniaturas vejo as expressões do meu rosto, em resumos abaixo me fazendo lembrar das inconstâncias. Enquanto me acuso, me dou o direito de defesa, reúno provas em meu favor. Me dou mais uma chance.
 
Milene Cristina

4 comentários:

  1. Obrigada Kelly, vou sempre visitá-lo, seu blog é bem solar, me sinto bem por lá.Beijo!! :)

    ResponderExcluir
  2. A gente se entrega, mas quem disse que voltar ao inicio do roteiro, do zero é fraqueza, né? E la´vamos nós.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazer da caída um impulso pra se levantar!! Feliz por passar por aqui. Beijo!!! :)

      Excluir