sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

A rosa e o que ela me traz

 
Enquanto coloco a rosa em seu vaso, 
desfaço meus laços amarrados por você
Chego  compreender, o quanto sou confusa,
vivendo em busca de mim. Não te dou espaço,
 é eu sou assim.
Totalmente entregue ao destino,
mais sempre o questionando.
Tropeçando em meus passos,
recebendo abraços recém chegados,
me afastando de quem sempre esteve comigo.
Me sinto tola em muitas vezes absurdamente meu lado certo.
Refino palavras ditas sem pensar, fico , faço um acordo com a insensatez
Aceito mais uma vez dar chance ao meu incorrigível jeito de amar.

Milene Cristina

Nenhum comentário:

Postar um comentário