quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Tic Tac

 
Olhando o relógio admiro o tempo
O ponteiro de minuto em minuto
Tic tac coração apressado, vida passando
Horários exatos e o que faço com eles?
Demore mais um pouco, e os segundos feito loucos disparam
Vários sorrisos acontecem, encontros breves, o sol à se pôr
Se olho pra hora, não vejo ao redor
E como é lindo o tempo
Sem perceber o que é já foi
Vem chegando, vai partindo
Se faz descobrir, em estrelas aos poucos surgindo no céu das oito
Acrescentando, retirando, das pessoas e seus tempos corridos,
Alguns melancólicos, outros praticamente contados no cronômetro
Pra que tudo caiba, mesmo querendo ficar, ou passar no espelho e se olhar
Tempo espere! Sei que não ouves pois não podes parar.

Milene Cristina

2 comentários: