segunda-feira, 11 de março de 2013

Palavras repetidas III

 
A voz antes doce aos ouvidos. Hoje barulho repetido de escolhas sem sentido. Não quis deixar minha essência. A entreguei de forma errada pra um tempo incerto , inventada história, só queria me resgatar. Sempre com essa ideia de me encontrar no outro. Nunca vi tanta loucura.
Sou atrapalhada,amorosa, exagerada nos detalhes, distraída para o óbvio. A perfeição para o erro. Sou a avessa procurando pelo certo, sempre abrindo os segredos do espelho.

Milene Cristina

Um comentário:

  1. Um exercício infinito de se encontrar, se perder, se conhecer...

    bjos

    ResponderExcluir