quinta-feira, 21 de março de 2013

Fragmentos do amor I

 
 Hoje vejo que Ele é agregador de sonhos, mão encantadora, parceiro antigo da vida. Sem Ele não se vê o brilho; é se ver exilado em meio à multidão. Não reconhece sorriso, ou beleza no belo. É luta em vão, sem mãos ou braços pra se apoiar. É certeza do conhecer a tristeza, o seu contrário. O amor é o estar sem estar, é feliz em ser generoso, o abrasador de corações encontrados por Ele.

Milene Cristina

Nenhum comentário:

Postar um comentário