quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Brisa


E pensar que a brisa que senti
num segundo já não é mais a mesma.
Talvez façam rodízio de carinho
Nesse fluxo constante do tempo
Calam meus desassossegos
Gritam à minha calma.

(Milene Cristina)

3 comentários:

  1. Amnei esse Milene, Lindo!

    Lembrei-me de algo de mesma contradição em uma prosa de hoje, interessante:

    Desses versos:

    "Calam meus desassossegos
    Gritam à minha calma."

    Disse algo:

    E davam-se os diálogos....
    Indagávamos mudos, ouvíamos surdos,
    Respostas que nos puxassem, de novo, pelos cabelos.

    Cheiros!

    ResponderExcluir
  2. Como se tudo estivesse no lugar, mesmo com seus contrários.
    Tô adorando o Decanto.

    ResponderExcluir