quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Voa

 
Voa meu pensamento
Sem direção
Voa também o amor que um dia lhe dei
Entregue como um presente esperado
Voam as palavras. Insensatas, talvez jogadas por ti
Vou pra bem longe querendo ficar
Queria mesmo que pudesse voar tudo isso
E se voltassem no verão
Que viessem com outras asas
Asas agora sim, de um amor sem fim
De palavras de voos rasantes...e pousos perfeitos
Calmos bater de asas nas noites frias
E sinceros cantos de alegria

Milene Cristina

Nenhum comentário:

Postar um comentário