segunda-feira, 1 de abril de 2013

Das reais bobagens (Confabulando)


Há em mim a busca clara no escuro caminho que me foi roubado, sim roubado. O amar demais, desenfrear consciente ao qual me dei. Entreguei o que achava ser o bastante, mais não havia o cessar do que apelidava amor, sugavam-me as noites mal dormidas, as brigas diurnas das semanas que se foram, tirava-me o equilíbrio do sorriso em paz, em troca devolvia-me o vazio de que iria mudar. Por vezes desejei não ter desviado meu olhar do caminho que era meu, desprezei a liberdade. Não há culpados, quem sabe o destino? Confio nele, não faria isso comigo. Talvez escolhas aliadas ao acaso, confabulando com meu jeito desastrado para o amor.
 
Milene Cristina

Nenhum comentário:

Postar um comentário