sábado, 22 de dezembro de 2012

Ser

 
Talvez seja meu coração vazio demais
E cheio de tudo que não mais me satisfaz
Não consigo me enxergar nesse espelho tão louco que é o mundo
E esse profundo vazio se reflete em mim
A incostância dos meus pensamentos e atos sem ação
Coração já virou só uma palavra bonita
Sem contexto ou verdade
Ou sentido,
Fingindo sentir o que não sente
Sonhando em sentir o que se quer
Me quero de volta, me reconhecer em meus contornos tortos
E minhas linhas retas, sem pressa, mais certa de que irei me encontrar.
E não mais vazio, nem transbordar por estar cheia demais
Não mais fugir, nem correr atrás
Só ser minha.

                                                                    (Milene Cristina)

Nenhum comentário:

Postar um comentário