terça-feira, 21 de março de 2017

Depois

2 comentários:

  1. Quando sentimentos -segredos- se cansam da espera, e principalmente, quando há contradições (que pesam), eles encontram um jeito de voar, nem que seja em um vendaval de lágrimas.
    Teu poema se chama Depois, meu último texto se chama Agora. De certa forma me vi em teu poema, no fundo ambos falam de demoras. Bonito isso!
    Um terno abraço!

    ResponderExcluir
  2. Só pasaba a saudar e a dicir que me desfrutei con esta pequena lectura.

    ResponderExcluir