sexta-feira, 13 de julho de 2012

"Pode a tristeza durar até o anoitecer, mas a alegria logo vem no amanhecer". [Amor e Adoração/Canção Nova]

Profundo, eterno e fiel


Quero ter um coração perdoado, agradecido aberto pra ti meu Senhor.
Sei que sempre estou em seu coração, pois tens o maior amor.
Como visitou nossa mãe, sei também que me visitas.
Quero me encher com teu espírito, pois sei que assim serei feliz.
O teu amor em mim permanece é tudo o que eu sempre quis
Não quero mais sofrer pelo o que passa
Sei que sempre está agindo em minha vida fazendo tudo de melhor acontecer
Por isso não quero me esconder, estou aqui meu Deus.
Meu grande Deus e pai                                                                  
Entrego-me em suas mãos
Não me sinto sozinha
Pois tenho o teu amor
Amor que permanece sempre igual
Profundo, eterno e fiel.
[Milene Cristina]


quinta-feira, 12 de julho de 2012

"As lentas nuvens fazem sono"




As lentas nuvens fazem sono, 

O céu azul faz bom dormir. 
Bóio, num íntimo abandono, 
À tona de me não sentir. 

E é suave, como um correr de água, 
O sentir que não sou alguém, 
Não sou capaz de peso ou mágoa. 
Minha alma é aquilo que não tem.
Que bom, à margem do ribeiro 
Saber que é ele que vai indo... 
E só em sono eu vou primeiro. 
E só em sonho eu vou seguindo.
 
                                                                     


                                                                           

terça-feira, 10 de julho de 2012

Oração

“Senhor onde estás?

Na imensidão azul do Céu?
Nas profundezas do mar?
Onde encontrar-te?
Quantas vezes pensei assim!
Mas, observando a natureza, 
encontrei-te Senhor!
Vi que a luz do sol que ilumina e aquece a terra,
é a fonte e a renovação da prosperidade.
A nascente cristalina que mitiga a sede, 
é a graça renovadora da vida.
E quantas outras tantas maravilhas nos são oferecidas
a todo tempo e sempre!
São bens que somente Deus poderia projetar.
Hoje creio e sinto que estás muito próximo, 
e a tudo presencias.
A pequenez da minha fé foi 
a causa da sensação de Tua ausência”
(Cely Figueiredo – Itabuna-BA) blog.cancaonova.com/emanuelstenio